GenomaA Faz demonstração do DNA da Madeira em tora na base de manejo da Coomflona

Na última terça-feira (16/6), representantes da Cooperativa Mista da Flona Tapajós (Coomflona), em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade Chico Mendes –(ICMBio) e o Departamento de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), acompanharam a equipe técnica da GenomaA Startup para uma demonstração do DNA da madeira em tora, realizado na base de manejo da Coomflona no Km 117.

O Objetivo da visita foi acompanhar a equipe técnica da GenomaA, na amostragem do método do DNA realizado em madeira, que tem como finalidade criar um perfil genético que possibilite a rastreabilidade genética de cada arvore e sua espécie, em qualquer lugar do mundo.

Segundo a Coordenadora de projetos do Departamento de Áreas protegidas (MMA), Roseane de Jesus, o objetivo é constatar a rastreabilidade e eficiência do método e sua comprovação, por meio do mapeamento genético realizado pela equipe da GenomaA.

“Por meio da testagem e sua eficácia vamos verificar se de fato aquela árvore rastreada pertence a mesma árvore da qual foi extraída o seu DNA. O MMA, pretende com este projeto agregar valores, incorporando essa metodologia junto com tais políticas voltadas a esse projeto”. Ressaltou Roseane.

Para o Analista de campo, Carlos Henrique, a Coomflona é um modelo de manejo exemplar por isso é importante se adequar a tecnologia da madeira rastreada, que a cada dia se torna um produto mais exigente no mercado.

Agregar mais valor ao produto, garantir o acesso livre no mercado internacional, ter a transparência e a precisão para ambas as parte , são as vantagens adquiridas pelo mapeamento genètico.

O analista explica ainda, que a após a coleta da espécie analisada em laboratório, o resultado e entregue as organizações responsáveis pelo projeto, garantido desta forma o controle da cadeia de custodia e a rastreabilidade da madeira desde de sua origem até comercialização.

“No mercado nacional há um predomínio muito grande de madeira ilegal e a testagem por meio do DNA dar mais segurança, para Coomflona no mercado internacional, onde cada dia a exigência é maior da procedência e certificação da madeira. Quem for comprar essa madeira vai ter mais garantia da sua procedência e vai saber de onde veio e qual sua espécie. A GenomaA é uma é uma emergência (Startup), que busca agregar valores as organizações. Concluiu Carlos Henrique.

Ass. Comunicação/Coomflona

Imagens/Erivane Pimentel

Mais notícias

Localização

Av. Magalhães Barata, 2283, Rodagem, Santarém, PA